Hiperligação

Não é nada de surpreendente, a Goldman Sachs, um dos maiores bancos de investimento do mundo, explora os seus próprios clientes, referindo-se a eles como marretas. O que é absolutamente original é ouvir estas verdades da boca de um histórico do banco. (Em Portugal passam-se coisas parecidas.)

Leia as razões da demissão de Greg Smith, pelo próprio no NYT, em inglês.

Anúncios