Noites no Observatório – Sessão Apocalíptica

quivertrees_breuer_960

Imagem roubada daqui, visite o blog do fotógrafo!

No próximo dia 21 de Dezembro de 2012, o Observatório Astronómico de Lisboa realizará a última sessão do ano de 2012 de as “Noites no Observatório”.

Maias 2012: O Fim dos Tempos?
(Palestra proferida pelo Prof. Doutor Rui Agostinho)

Nos últimos anos têm-se propagado notícias de um fim do mundo em 21 de dezembro de 2012, argumentos esses que são baseados em interpretações incorrectas da cultura Maia. O seu impacto é manifestado nas publicações de índole genérica, sentido pelo público mais suscetível e, mais preocupante ainda, nos jovens e diversa população escolar.

No contexto cultural científico da sociedade moderna, a transmissão destas interpretações só se torna eficiente quando associada a fenómenos cientificamente comprovados, de modo a atribuir-lhes alguma credibilidade. Por isso, os advogados do “Fim do Mundo”, argumentam que no final de 2012 ocorrerá uma panóplia de fenómenos astrofísicos e terrestres, todos eles com “ligações óbvias” à cultura Maia. Curiosamente argumenta-se que alguns foram estudados ou previstos pelo povo Maia, apesar de apenas terem sido descobertos no último século.

Nesta palestra serão abordados diversos fenómenos astrofísicos que usualmente são apresentados como prova evidente da “catástrofe eminente de 2012”, mostrando-se que não passam de interpretações infundadas e que estão mesmo erradas.


Aconselha-se o uso de roupa confortável e quente, visto que as observações têm lugar no exterior.

O acesso à actividade é livre mas carece de uma inscrição prévia pois, por motivos logísticos, existe um número máximo de participantes. Mais informações a seguir ao corte.

Continuar a ler

Celebração dos 50 anos do Observatório Europeu do Sul (ESO)

Dia 5 de Outubro de 2012, a partir das 20h30, o OAL promove a videodifusão da “Celebração dos 50 anos do ESO – Evento especial”.

O programa da transmissão é o seguinte:

  • 20:30 – 21:00 – Introdução ao evento dada pelos Directores do CAAUL e OAL, Doutor José Afonso e Doutor Rui Agostinho.
  • 21:00 – 21:30 – Exibição de um documentário sobre os primeiros 50 anos do ESO a explorar o céu do Hemisfério Sul.
  • 21:30 – 22:45 – Palestra intitulada “Observatório Europeu do Sul. Uma mina de ouro para a Astronomia” proferida pelo representante do ESO, o Doutor João Fernandes (ESO Portugal & Universidade de Coimbra).

No dia 5 basta visitar o seguinte endereço:

http://www.oal.ul.pt/live

A Curiosity está quase a chegar

O rover Curiosity está perto de terminar a primeira parte da sua odisseia, está quase a chegar a Marte. Este prodígio está neste momento na seguinte posição:


1   Posição actual da nave espacial

 
Uma selecção de fotos da missão, depois do corte.

Continuar a ler

Noites no Observatório – Global Star Party

O Observatório Astronómico de Lisboa desenvolve várias actividades extremamente interessantes ao longo do ano relacionadas com a astronomia e com o próprio observatório (que só por si tem um enorme valor histórico). No próximo dia 28 vai haver mais um evento inserido no nas “Noites do Observatório”.

Depois do corte reproduzo o mail de divulgação desta actividade.

Continuar a ler

Como remover o seu histórico da Web (versão Google)

By tom burke from Morgan Hill, CA, USA (Flickr) [CC-BY-2.0 (www.creativecommons.org/licenses/by/2.0)], via Wikimedia Commons

Estou-me a referir à funcionalidade que a Google oferece, onde guarda de forma automática o seu histórico de navegação, as buscas que efectuou e ainda mais dados. Esta funcionalidade até ao dia 1 de Março é estanque em relação aos outros produtos oferecidos pela Google aos seus utilizadores.

No entanto, a partir de 1 de Março os outros produtos da Google vão ter acesso a este tesouro de informação (não só à informação gerada a partir desse dia em diante, mas a todo o histórico). Esta é informação muito sensível, se tem o serviço activo pode lá encontrar indícios acerca da sua orientação sexual, preferências políticas, religião que professa, produtos que compra e em que lojas, viagens que realizou, problemas de saúde, etc. Em suma, a maior parte da sua vida on-line pode lá estar espelhada, para a maior parte das pessoas, será 100% da vida on-line.

Imagine o quanto não vale esta informação para os clientes da Google. Se tiver, por exemplo, algum tipo de doença e estiver fragilizado. E, de repente, começar a receber anúncios de curas milagrosas para a sua doença. É normal que tente a cura. É o que toda a gente faria. Não pense que este é um caso hipotético, é o que já acontece hoje em dia.

A seguir ao corte mostro como eliminar esta informação.

Continuar a ler

Diga não à ACTA

(Para ligar as legendas inicie em primeiro lugar o filme, a seguir clique no botão ‘CC’ uma vez e, depois do fundo deste botão ficar vermelho, clique outra vez e escolha o idioma na lista que aparece)

A liberdade que desfrutamos na Internet representa uma ameaça muito sensível aos poderes do nosso mundo. É por isso que assistimos todos os dias a tentativas para cercear esta liberdade, para a limitar e estrangular. O Tratado Comercial anti-Contrafacção – ACTA (Anti-Counterfeiting Trade Agreement) – não é mais do que outra destas tentativas. Informe-se neste site.

Apertando o Cerco

Se visitar a Wikipédia em Inglês, ou inúmeros outros sites, vai deparar com uma página parecida à que ilustra este post. Trata-se de um protesto contra as leis anti-cópia elaboradas pelo mesmo lobby que em Portugal vai fazer aprovar a lei da cópia privada (que goza de uma unanimidade enternecedora na Assembleia da República). As leis em questão são a SOPA (Stop Online Piracy Act) e PIPA (PROTECT IP Act), a primeira lei é da câmara dos representantes e a segunda do senado, com objectivos idênticos.

 
Continuar a ler