As verdadeiras cores da Goldman Sachs

Não é nada de surpreendente, a Goldman Sachs, um dos maiores bancos de investimento do mundo, explora os seus próprios clientes, referindo-se a eles como marretas. O que é absolutamente original é ouvir estas verdades da boca de um histórico do banco. (Em Portugal passam-se coisas parecidas.)

Leia as razões da demissão de Greg Smith, pelo próprio no NYT, em inglês.

Anúncios

2 thoughts on “As verdadeiras cores da Goldman Sachs

  1. A Goldman Sachs andou a camuflar a dívida grega sabendo que muitos iriam perder com a recessão/crise… mas, plenamente consciente que uns iriam perder mais do que outros… isto é, ou seja, o verdadeiro objectivo da Goldman Sachs era/foi alterar a correlação de forças: muitas empresas estratégicas saíram do domínio público!
    .
    .
    P.S.
    Um caos organizado por alguns – a superclasse!
    Uma nova ordem a seguir ao caos… a superclasse (alta finança internacional – capital global, e suas corporações) ambiciona um neo-feudalismo.
    .
    .
    .
    ANEXO
    -> Muito muito mais importante do que a crise… é o DIREITO À SOBREVIVÊNCIA!!!
    -> A sobrevivência é uma coisa difícil e complicada: ‘n’ civilizações já desapareceram.
    Resumindo e concluindo: Não vamos ser uns ‘parvinhos-à-Sérvia’…. antes que seja tarde demais, há que mobilizar aquela minoria de europeus que possui disponibilidade emocional para se envolver num projecto de luta pela sobrevivência… e SEPARATISMO!
    .
    NOTAS:
    1.
    -> Uma NAÇÃO é uma comunidade de indivíduos de uma mesma matriz racial que partilham laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
    -> Uma PÁTRIA é a realização e autodeterminação de uma Nação num determinado espaço.
    -> Ora, existindo não-nativos JÁ NATURALIZADOS com uma demografia imparável em relação aos nativos… como seria de esperar, abunda por aí muita conversa para ‘parvinhos-à-Sérvia’.
    2.
    -> Como é óbvio, a Nação mais antiga da História – os Judeus – não abdica duma Pátria sua.
    -> Ao contrário dos Judeus que fizeram uma TRANSIÇÃO BRUSCA… eu penso que a transição para o separatismo-50-50 deveria ser uma TRANSIÇÃO GRADUAL (de algumas décadas).
    3.
    -> Nazis na desmultiplicação: o que caracteriza o Nazismo não é o ser ‘alto e louro’… mas sim a busca de pretextos (adoram evocar/inventar pretextos) com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!…
    -> Manobrados pela superclasse, andam por aí muitos nazis na desmultiplicação: quer na forma falada quer na forma escrita, eles desmultiplicam-se na busca de pretextos… com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros… nomeadamente, as Identidades Étnicas Autóctones.
    —>>> Já ninguém dúvida que os capitalistas selvagens são uns nazis muito activos:
    – promoveram a exploração de escravos… para benefício do desenvolvimento económico…
    – promoveram holocaustos massivos sobre povos economicamente pouco rentáveis (ex: alguns povos nativos da América)… para benefício do desenvolvimento económico…
    – hoje em dia já andam por aí a ameaçar países que tenham políticas proteccionistas… pois isso é considerado um entrave ao desenvolvimento económico global…
    4.
    Como os nazis (obs: para além dos nazis-hitlerianos, existem mais…) gostam de adulterar conceitos, procurando instalar a confusão… nunca é demais relembrar:
    – o problema não é os ‘globalization-lovers’ gostarem de o ser… mas sim… o comportamento nazi de alguns deles: busca de pretextos… para negar o Direito à Sobrevivência de outros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s