CMB Contratou 29,3 Trabalhadores para Tadim

Aqui está um caso a investigar. Uma pequena busca demonstra que estes valores são obscenos e inexplicáveis.

Freguesia de Tadim

pornografia-1Segundo notícia hoje publicada pelo Diário do Minho, a CM Braga paga uma renda de 14,225 euros por mês ao empreiteiro que “construiu” o relvado sintético (sendo que o campo existe há já várias décadas, e sem rendas). Ora, aceitando que não se trata de uma gralha, a este valor absolutamente pornográfico equivale dizer que a CMB – e convém destacar o papel ali desempenhado por Mesquita Machado durante 37 anos – “contratou” para Tadim 29,3 funcionários (salário mínimo nacional = 485 euros).
Simplificando: em Tadim gasta-se 1 salário/dia para o usufruto do campo sintético.

Ao fim de um ano, falamos de 170,700 euros. O contrato é de quantos anos?

Adenda: segundo o Correio do Minho de 28 de Dezembro de 2013, “este é um compromisso que se estende por um período de 25 anos.
Ora, isto são 170,700 euros x 25 = 4.267,500 euros.
Se…

View original post mais 27 palavras

Os bancos não são pessoas de bem: JPMorgam paga 9000 milhões para não ser processado

Os maiores bancos norte americanos têm pago avultadas multas devido ao seu comportamento predatório e inconsciente que ajudou a mergulhar o mundo na actual crise. As multas são grandes e parece que a justiça está a ser feita. No entanto não é bem assim, os montantes apesar de serem muito elevados não passam de trocos para estes bancos e, muito pior que isso, os crimes que foram perpetrados são escondidos, os bancos conservam por isso, até certo ponto, a sua aura de credibilidade e honra, onde não existe um átomo dessas qualidades. Além disso, as pessoas culpadas destes crimes safam-se sem um arranhão, muitas vezes recebem até bónus e, até os mais estúpidos entre eles, percebem que o crime compensa. Que incentivo têm para agir de outra forma? Quem faz uma aposta em como estes criminosos não vão reincidir? – Só um louco. Mas é exactamente o que as autoridades americanas e europeias têm feito e estão a fazer. Apostam que agora os banqueiros se vão comportar. Não admira que depois de seis anos de crise não haja luz ao fundo do túnel.

Matt Taibbi, da Rolling Stone, faz mais uma denúncia das práticas fraudulentas e mostra como foram varridas para debaixo do tapete, mostra como as próprias autoridades colaboram em toda esta fantochada. O padrão é conhecido

Acabou a guerra no Afeganistão

Aposto que não deram por ela!

A guerra vai acabando de mansinho, talvez para facilitar o retorno quando for mais conveniente.

Bases da NATO no Afeganistão passam para o exército do país Cache

  • Data: 2014-10-26 16:18
  • Fonte: Público
  • Autor: Redacção
Foi um “dia histórico” que assinala o início do fim da presença coligação internacional e da guerra contra os taliban. O desafio agora é de Cabul. Ao fim de treze anos, as bandeiras norte-americana e britânica foram arrumadas nas duas bases da coligação internacional da NATO no Afeganistão. A cerimónia assinala o fim iminente da missão, mas a retirada dos militares não vai ser feita de imediato. As duas bases militares no Sudoeste do país, Camp Leatherneck e Camp Bastion, passam agora para a administração afegã do Presidente recém-eleito, Ashraf Ghani.

Artigo muito interessante sobre algo que não vai acontecer. (Infelizmente)

Um blog idiota do Luís Miguel Sequeira

Tenho uma proposta manhosa 🙂

Como é sabido, a SIBS está a alterar as comissões sobre os processamentos das transacções via Multibanco. Ou seja: ao fim de duas décadas de confortável crescimento, em plena crise financeira (e social!), acharam por bem aumentar ainda mais os seus lucros — agora. Se a estupidez congénita dos banqueiros fosse tangível, poderíamos exportá-la e pagar à Troika o que devemos num instantinho. Assim sendo, tal como o nosso Governo com os impostos, a SIBS está a dar tiros no próprio pé com uma caçadeira de canos serrados.

As reacções não se fizeram esperar. Desde petições públicas a reacções da DECO e análises da Autoridade da Concorrência, a verdade é que a resposta do comércio é deixar de aceitar pagamentos por Multibanco. Isto, evidentemente, vai levar a SIBS a aumentar ainda mais as comissões para compensar a perda de dinheiro ou a

View original post mais 2.772 palavras