Piratas de Água Doce

Clique na imagem para aumentar

Há muitas formas de financiamento das coisas públicas. Quando pensamos nisso a primeira coisa que nos ocorre são os impostos e coisas como as portagens das SCUTS ou similares.

Há para além disto toda uma gama de taxas que nos são aplicadas de formas mais ou menos encobertas que muitas vezes nos passam completamente ao lado.

Na factura da EPAL de Novembro passado é referido que o custo da água consumida foi de 91 cêntimos, no entanto o valor final da factura foi de 8.19 EUROS, ou seja, em taxas, quotas de serviço, pagamento para saneamento e impostos paguei neste mês exactamente 900% do valor do bem consumido.


Continuar a ler

Anúncios