Os bancos não são pessoas de bem

O HSBC vai pagar 2 mil milhões USD, ou 5 semanas dos seus lucros, para evitar acusações num processo crime de lavagem de dinheiro de um cartel de drogas

Anúncios

Parcerias Público-Privadas revelaram um “Estado fraco”

O artigo do Público não constitui nenhuma novidade. O que mais impressão me deixou foi este ter aparecido no Público às 7:39 e, às 9:30, já não constar da primeira página do jornal (na Internet).

Edição: O artigo voltou a aparecer com algum destaque no site do público. Ainda bem!

  • Data: 2014-01-27 07:39
  • Fonte: Público
  • Autor: Sofia Rodrigues
Deputado relator da comissão de inquérito às PPP escreveu um livro sobre estes contratos que mostram “o porquê” do resgate. As Parcerias Público-Privadas rodoviárias foram feitas por “pressão política” e foram um “instrumento de propaganda de diversos Governos” que revelam um “Estado fraco”, escreve Sérgio Azevedo, deputado do PSD e relator da comissão de inquérito sobre a matéria. As fortes críticas à utilização das PPP em Portugal nos últimos anos constam de um livro que é apresentado na próxima quarta-feira, em Lisboa.

Leia no link seguinte o artigo completo: Parcerias Público-Privadas revelaram um “Estado fraco” Cache