Hiperligação

Acontece que o crime de corrupção prescreve ao final de 15 anos e os factos datam de 1996, pelo que ao ser questionado sobre se aceitava ser julgado, o autarca Isaltino Morais deu a resposta óbvia: não.

Anúncios