Parabéns aos obrigacionistas seniores do Novo Banco que serão banqueiros!

O Novo Banco ainda não está muito bem capitalizado, ao que parece necessita de mais um aconchego. O Banco de Portugal, qual pai extremoso, nada nega. Os obrigacionistas sénior serão donos involuntários de parte do banco. Confirmação amanhã.

Estado já usou 19,5 mil milhões para ajudar os bancos

  • Data: 2015-09-16 18:11
  • Fonte: Público
  • Autor: Luís Villalobos
Montante foi aplicado entre 2008 e 2014, segundo uma análise do BCE. Desde o início da crise financeira, em 2008, até ao final do ano passado, o valor dao apoios do Estado português aos bancos atingiu 11,3% do PIB, ou seja, cerca de 19,5 mil milhões de euros. Os cálculos, feitos pelo Banco Central Europeu e apresentados num estudo divulgado esta quarta-feira, mostram que, entre os países da zona euro com intervenções neste sector, Portugal foi o quinto que aplicou mais dinheiro em proporção da riqueza que produz (tendo por base o PIB do ano passado).

Estado já usou 19,5 mil milhões para ajudar os bancos Cache

Os bancos não são pessoas de bem: Deutsche Bank a ser investigado

  • Data: 2015-06-09 16:53
  • Fonte: Público
  • Autor: José Manuel Rocha
Investigadores analisam transacções de clientes do banco germânico relacionadas com produtos financeiros derivados. O Deutsche Bank, que no fim de semana passado anunciou uma mudança de fundo na liderança para acalmar os investidores, recebeu esta terça-feira a visita de investigadores judiciais que foram analisar transacções suspeitas de clientes relacionadas com produtos financeiros derivados. A operação foi lançada pela procuradoria de Wiesbaden, que confirmou oficialmente as buscas na sede do banco em Frankfurt, mas não revelou os motivos da investigação.

Leia mais sobre este assunto aqui.

Ainda sobre o HSBC

Entrevista com Hervé Falciani de onde originou o caso “Swiss leak”. Discute-se o papel da CIA no acesso aos dados do HSBC, mostra-se um pouco do sistema mafioso instalado pela finança e a forma como é utilizado para corromper a classe política.