"Novas" Medidas

Em resumo, frente ao precipício sabemos dar o passo em frente:

  • Processo de ajustamento alargado aos privados: aumento da TSU para 18% para todos (de 11%);
  • Desce a contribuição das empresas para a SS para 18% (de 23.75%);
  • Subsídios pagos mensalmente (?);
  • Pensionistas e reformados: mantém-se o corte de subsídios enquanto vigorar o plano;
  • Os rendimentos mais baixos poderão ver devolvido algum do rendimento via reembolso de IRS.

Mais uma vez, não é demonstrado de forma nenhuma, a relação de causa efeito esperada entre estas medidas e os resultados esperados na economia. – Estamos a ser governados pela fé, pela crença, pelo dogma.

Anúncios

3 thoughts on “"Novas" Medidas

  1. Mas para as empresas é porreiro (pá!). Baixam custos. A (pequena) chatice é que NÃO VÃO TER CLIENTES… Vão ter de despedir. E assim se combate o desemprego nesta terrinha!… O Coelho que os portugueses quiseram – porque o “outro” era aldrabão… – não consegue ver que a balança tem dois pratos.

  2. Vamos todos para a RUA – todos – não se pode desistir – o assassínio do pais – da sua produção – do ensino e cultura – do Campo – a falta de fiscalização como havia da MATA pela GNR – o ordenamento – o valor das paisagens que só tem eucaliptos – o terra deserta – os ignorantes mais ignorante que todos os igorantes que mandam – o excesso de deputados e acessores na AR e nas autarquias – os ordenados milionários dos mais ignorantes – a falta de electicidade em tantas aldeias (e nem podem ter TV ou rádio) – a falta de água potável – o desmazelo de aldias e cidades – o LIXO que não varrem nas ruas – as árvores das cidades que não regam – o DESPREZO pelas pessoas em geral e agricultores em especial – as canalizaçºoes dos que têm sorte de as ter mas estão velhas e rompem e não consertam – a miséria de ordenados atribuídos a acessores de acessores mas não ao preço do LEITE – a miséria humana e moral dos decisores e a ignorância crassa dos que andaram nas “universoidades – o país abandonado ao FOGO e ao acaso e aos que o destroem não importa como e para quê – não é um país – não é um governo – não é governado – é um país ASSALTADO não por quem rouba caixas e multibancos e casas e velhas mas ASSALTADO por delinquentes que acham que governam e destinam o DESTINO de 10 milhões de habitantes excepto os que, destes, são os que MATAm a vida e alegria de viver e fazem – não é sequer a SELVA – é uma LIXEIRA como a de Sumatra onde as pessoas comem dos LIXOS que a europa lá despeja a céu aberto – não é um tsunami porque ninguém o evita embora possa minimizar efeitos – este goveno não existe – é o reverso da DIGNIDADE da função que lhes foi dada mas não perceberam (??) ou então é a pior das maldades que só vi no tempo de HITLER em que tinha as janelas com adesivos para não cairem com bombardeamentos ou tinha de estar na BICHA à espera de que páo e leite CHEGASSEM para não morrer de fome e pobreza – hoje as pessoas suicidadam-se – outras perdem a consciência e matal famílias e vizinhos – este governo MATA pessoas e vidas e dignidade de viver – mata ensino e saúde e torna delinquentes os que ainda não são – e faz enlouquecer de DOR os que não aguentam tanta DOR – que adjectivo dar a este GOVERDO de INDIGENTES ??

  3. Aconteceu na Islândia

    “A negativa do povo da Islândia a pagar a dívida que as elites abastadas tinham adquirido com a Grã Bretanha e a Holanda gerou muito medo no seio da União Europeia. Prova deste temor foi o absoluto silêncio na mídia sobre o que aconteceu. Nesta pequena nação de 320.000 habitantes a voz da classe política burguesa tem sido substituída pela do povo indignado perante tanto abuso de poder e roubo do dinheiro da classe trabalhadora. O mais admirável é que esta guinada na política sócio-económica islandesa aconteceu de um jeito pacífico e irrevogável. Uma autêntica revolução contra o poder que conduziu tantos outros países maiores até a crise atual.
    Este processo de democratização da vida política que já dura dois anos é um claro exemplo de como é possível que o povo não pague a crise gerada pelos ricos.”

    Ouvir em: http://www.youtube.com/watch?v=lNt7zc6ouco

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s