País da Treta

treta s.f. – manha, ardil, estratagema, artifício [pl] palavreado para iludir

 

Como observamos todos os dias, os “casos” sucedem-se. São robalos em troca de alheiras, são suspeitas de corrupção, são jobs para os inúmeros boys & girls dos corruptos partidos políticos e assim sucessivamente até à exaustão.

Acontece que estes casos são tratados pelos nossos meios de comunicação social na perspectiva da notícia, do imediato. Assim o caso do momento é divulgado até ao limite ou enquanto vender jornais e, após um determinado período de tempo, é esquecido.

Para evitar este esquecimento iniciámos em 2008 o projecto tretas.org que pretende ser um local de preservação da memória do que se vai passando na arena política em Portugal. Sempre de forma devidamente documentada.

 


 

Página principal do tretas.org

A premissa fundamental que nos guia é acreditarmos que mais ou menos tudo o que se passa é relatado na comunicação social, havendo no entanto muito trabalho de editorialização e de gestão de agenda. Ao fazermos a agregação da informação num único local temos esperança de conseguir uma visão mais clara do que se vai passando.

Optámos por construir o site usando um Wiki. Neste momento temos as seguintes secções principais:

  • Análises – onde, sob diferentes títulos, agregamos informações sobre temas específicos, por exemplo: Lista das medidas anti-crise, desde 2008 ou um Estudo dos prédios devolutos em Lisboa. Temos neste momento quarenta e sete análises distintas;
  • Biografias – biografias de figuras influentes em Portugal. Notar que devido ao perfil da maior parte dos visados, podemos ser levados a pensar que só estão representados corruptos e outra canalha do género. Não é esse o objectivo. Apenas se dá o caso da população em causa ter este enviesamento, nada a fazer. Notar que temos biografias de muita gente honrada e trabalhadora!

    Posto isto, é interessante observar como são semelhantes os percursos de alguns profissionais da nossa política. Infelizmente a lista está longe de estar completa, mas continuamos a trabalhar com o afinco possível.

    A manutenção de uma página biográfica também nos permite referenciar o envolvimento de cada indivíduo nos sucessivos casos. Por exemplo, se olharmos para a biografia do Paulo Campos verificamos que são identificados outros casos onde foi referido, de forma automática. Esta é uma característica própria dos Wikis;

  • Organizações – esta secção faz para as organizações o que a secção de biografias faz para as pessoas. Permite-nos identificar as relações que há entre pessoas, organizações e notícias. Por exemplo, a página do BES ilustra a importância desta instituição no nosso país;
  • Artigos – esta secção serve apenas para acrescentar referências a artigos avulsos;
  • Actos Eleitorais – cada eleição é acompanhada, os programas eleitorais são copiados, faz-se o acompanhamento dos debates e, claro, é registado o resultado. Apesar da fé no nosso sistema político estar a diminuir todos os dias, as eleições são ainda a melhor forma que temos para resolver os nossos problemas;
  • Leis – há muitos aspectos das leis que nos governam que são esquecidos. Como usamos leis para governar o nosso dia a dia estas inevitavelmente têm uma influência tremenda na vida de todos nós. Listamos aqui leis influentes ou polémicas.

Página biográfica de Ângelo Correia (clique para o artigo)

A participação neste projecto está aberta a todos quantos queiram ajudar. A regra mais importante é sermos o mais imparciais possível. Isso por vezes é muito difícil, especialmente quando tratamos assuntos correntes!

Pode participar de várias formas:

  • Pode recolher informação e enviar-nos para inclusão no site. Tenha apenas em conta que apenas aceitamos informações que sejam do domínio público, que tenham sido publicadas em jornais, livros, revistas ou qualquer outro meio de comunicação social ou em documentação oficial e que não tenham sido contestadas de forma convincente (isto é, os desmentidos de políticos valem o mesmo que a palavra de um politico, muito pouco mesmo, pelo que isso não conta como contestação válida);
  • Da mesma forma, se encontrar informação falsa, tendenciosa ou parcial no tretas.org, por favor avise-nos por forma a pudermos retirar essas notícias do ar o quanto antes;
  • Pode inclusive registar-se e editar você mesmo o conteúdo do site (trata-se de um wiki afinal de contas). Todos os conteúdos originais do site estão sob a licença Creative Commons (CC BY-SA 2.5). Certifique-se que lê a descrição do site e a página de ajuda, temos também uma página com recursos que poderão ser-lhe úteis. A autoria de cada modificação fica associada ao respectivo autor.

Zona de Protecção Especial do Esturário do Tejo - Decreto Lei 140/2002 (clique para o artigo)

Anúncios

4 thoughts on “País da Treta

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s